Notícias

Cruzeiro vence América nos pênaltis e conquista o Campeonato Mineiro Feminino pela 1ª vez

Por Redação, 07/12/2019 às 19:24
atualizado em: 07/12/2019 às 20:34

Texto:

De forma invicta, a equipe feminina do Cruzeiro sagrou-se campeã, neste sábado, do Campeonato Mineiro. Debaixo de chuva no estádio das Alterosas, no Sesc Venda Nova, as Cabulosas venceram o América nos pênaltis por 6 a 5, após empate por 1 a 1 no tempo normal, e conquistaram o primeiro título do clube na categoria.

O time celeste abriu o placar aos oito minutos da etapa final com Kim. Mas as Coelhinhas empataram com Dilene em cobrança de pênalti, aos 13. A disputa continuou equilibrada até o fim e a decisão do título foi para os pênaltis.

Nas penalidades, brilhou a estrela da goleira Camila, do Cruzeiro, que defendeu duas cobranças. A equipe alviverde deu início à disputa, mas Dani Peré parou na arqueira celeste. Na sequência, as Cabulosas também perderam quando Isabella chutou para fora. Logo depois, os dois times colocaram o ‘pé na forma’ e acertaram todas as batidas.

Nas cobranças alternadas, a goleira Camila pegou o sétimo chute do América e deixou o Cruzeiro a uma batida do título. Em seguida, Aline coverteu a penalidade e garantiu a taça para a Raposa.

O título coroou a campanha irretocável do Cruzeiro na competição estadual. Foram oito vitórias e um empate. O time celeste marcou 45 gols e sofreu apenas um, justamente o tento anotado por Dilene neste sábado.

Com a melhor campanha na fase de classificação, as Cabulosas fecharam a 1ª fase com 100% de aproveitamento e sem sofrer gol. Foram seis jogos, com seis vitórias e 34 gols marcados. Nas semifinais, o Cruzeiro passou fácil pelo Ipatinga: 2 a 0, no Ipatingão, e 8 a 0, no Sesc Venda Nova.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link