Notícias

Eletrobras está condenada à morte por falta de investimento, afirma ministro da Economia

Por Agência Estado, 06/12/2019 às 14:26
atualizado em: 06/12/2019 às 14:27

Texto:

Foto: José Cruz/Agência Brasil
José Cruz/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a falta de recursos para investimentos tem condenado a Eletrobras à morte, já que a estatal tem realizado apenas um terço do necessário para manter sua posição o mercado. "A Eletrobras precisava investir R$ 16,5 bilhões todo ano para manter a fatia de mercado. Hoje, ela tem capacidade máxima de R$ 3,5 bilhões. Ela está condenada à morte, é questão de tempo, vai desaparecer ou vira uma corporação", afirmou em evento sobre saneamento no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Apesar de estar incluída no programa de privatização do governo, a venda da estatal tem tido resistência por parte de parlamentares.

O projeto de privatização da Eletrobras prevê a diluição do controle da União, com a venda de ações em bolsa de valores, o que transforma a companhia em uma corporação privada. O projeto aguarda votação no Congresso.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link