Notícias

Câmara de Belo Horizonte encerra sessão plenária em 6 minutos por falta vereadores

Por Redação, 01/10/2020 às 17:36
atualizado em: 01/10/2020 às 18:43

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: CMBH/Divulgação
CMBH/Divulgação

Durou seis minutos a primeira sessão plenária da Câmara Municipal de Belo Horizonte em outubro. Sem o quórum mínimo de 21 vereadores nesta quinta-feira, a presidente da Casa, Nely Aquino (Podemos), teve de finalizar os trabalhos.

"Encerrada a verificação de quórum. Com 16 vereadores presentes, ficamos impossibilitados de continuar a reunião. Sem nada mais a ser tratado, às 15h06 declaro encerrada essa reunião", afirmou.

Dos 41 parlamentares, apenas Orlei (PSD) não tentará a reeleição. Há a expectativa de que as campanhas, que tomam tempo dos vereadores, influenciem nos trabalhos na Câmara.

No início da sessão, às 15h, o painel apontava para a presença de 35 vereadores, mas às 15h05 o número caiu para 16. Apenas os seguintes parlamentares permaneciam no plenário:

Arnaldo Godoy (PT)
Bella Gonçalves (PSOL)
Carlos Henrique (PTB)
Catatau do Povo (PSD)
César Gordin (Pros)
Cida Falabella (PSOL)
Dr. Bernardo Ramos (Novo)
Flávio dos Santos (PSC)
Gabriel (Patriota)
Irlan Melo (PSD)
Juninho Los Hermanos (Avante)
Marilda Portela (Cidadania)
Nely Aquino (Podemos)
Pedro Patrus (PT)
Preto (DEM)
Professor Juliano Lopes (PTC)

Com informações de João Felipe Lolli e Matheus Oliveira

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link