Notícias

MP aciona a Justiça para garantir apenas torcedores do Cruzeiro no duelo contra o Palmeiras

Por Redação , 07/12/2019 às 13:52
atualizado em: 07/12/2019 às 13:56

Texto:

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro
Vinnicius Silva/Cruzeiro

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) ajuizou, neste sábado, ação civil pública com pedido de liminar para que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Federação Mineira de Futebol (FMF) determinem torcida única no duelo entre Cruzeiro e Palmeiras, marcado para este domingo (8), no Mineirão. O MPMG alega questões de segurança. 

O jogo é válido pela última rodada do Campeonato Brasileiro e pode decretar o rebaixamento da Raposa para a Série B.

Na ação, o MP pede ainda que o Cruzeiro seja proibido de vender ingressos para a torcida visitante, sob pena de multa. Segundo o órgão, a medida foi necessária diante da ‘ausência de resposta da CBF à recomendação expedida nessa sexta-feira (6), com apoio das polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros’. 

STJD

Nessa sexta-feira (6), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) negou o pedido do Cruzeiro, que foi apoiado pelo Ministério Público de Minas Gerais e pelas polícias Militar e Civil, para torcida única no duelo. 

O órgão sugeriu ao clube celeste que, se não há condições de se garantir a segurança dentro do estádio e no entorno, a partida seja realizada com os portões fechados.

“Se o Clube Requerente (Cruzeiro) está certo de que não tem condições de realizar a Partida com segurança, até por força de outros Eventos que serão realizados no entorno do Estádio – e que assim como o Jogo, já estavam programados desde o início do ano - deverá, por ato próprio, e não deste STJD, cerrar os Portões para todos os Torcedores, expondo-se aos riscos e consequências dessa decisão”, diz um trecho da decisão do STJD.

Para sustentar o pedido de torcida única, o Cruzeiro informou ao STJD que no domingo serão realizados diversos outros eventos nas proximidades do Mineirão, como a Volta Internacional da Pampulha (com expectativa de público de 22 mil pessoas), além da montagem de estruturas e equipamentos nas vias públicas, que poderão servir como “armas a torcedores mal intencionados e inconformados com a atual situação do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro”. 
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Além do número de óbitos, a Secretaria Municipal de Saúde aponta que 3.035 pessoas foram diagnosticadas com a doença na cidade em Betim. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Aqueles que tiveram o pedido negado podem contestar pelo site da Dataprev. #Itatiaia

    Acessar Link